O Barça teria gasto 90% de seu orçamento em salários nesta temporada se os jogadores não tivessem descido”. Caixas sobre dívidas

Carles Tusquets, o presidente interino de Barcelona antes de Joan Laporta assumir o cargo, falou sobre a situação financeira do clube.

– Eu já falei sobre isso em muitas reuniões. Deveríamos ter tido muito cuidado com nossas dívidas. Depois que Neymar partiu, eles dispararam.

Gastamos muito em transferências – Dembele, Coutinho, Griezmann. Novos contratos também foram assinados, de modo que a conta salarial foi balonada.

– Cumpriu as recomendações da UEFA?

– A UEFA recomenda que os clubes não permitam a situação quando os salários constituírem mais de 70% do orçamento do clube. A situação ideal é de 50%.

No decorrer desta temporada, quando a renda do clube foi reduzida, se os jogadores não optassem pela redução dos salários, estaríamos falando de 90%.

– É uma loucura!

– Se não tivéssemos perdido 300 milhões de euros devido à pandemia, essa porcentagem certamente seria menor.

A dívida líquida do clube, ou seja, o que você deve menos o que lhe é devido, agora é de cerca de 600 milhões de euros. A dívida total excede 1 bilhão de euros”, disse Tuskets.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *